Blog, PET - Cães e Gatos

7 dicas de linguagem corporal para saber o que o seu cão está pensando – [Blog GigaOutlet]


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!

Os cães podem ser especialistas em ler nossos sentimentos e pensamentos, mas pode ser difícil para o dono retribuir. Confira alguns sinais de linguagem corporal para te ajudar a compreender melhor o seu cachorro!






© Fornecido por Pet é Pop
7 dicas de linguagem corporal para saber o que o seu cão está pensando (Foto: Victor Grabarczyk/Unsplash)

Veja também:

+ Os pets entendem a linguagem corporal dos humanos? A ciência responde

+ Aprenda a escolher o petisco certo para recompensar seu cão

+ Quer saber o que o seu cão pensa? Confira essas dicas

Veja os sete sinais de linguagem corporal canina que você deve prestar atenção para conhecer e entender seu cão muito melhor:

1. Rabo

Abanar o rabo parece um sinal óbvio da linguagem corporal. Porém, é um erro comum dos donos pensar que se o cachorro está balançando o rabo automaticamente significa que ele está feliz. No entanto, um rabo abanando significa que o cão está emocionalmente agitado. Pode ser animação, mas também pode ser frustração ou raiva.

Observe a velocidade e a direção do abanar, bem como a posição da cauda para obter algumas pistas. Basicamente, quanto mais rápido o abanar, mais agitado está o cão. A direção do movimento também pode conter pistas. Os cães tendem a balançar mais para a direita quando se sentem positivos e mais para a esquerda quando se deparam com algo negativo.

Além disso, aposição da cauda do cão contém pistas importantes sobre seu estado emocional. Essencialmente, quanto mais alta a cauda, ​​mais assertivo é o cão. Cães com o rabo apontando para o chão ou mesmo enfiado entre as pernas estão sentindo medo e estresse.

2. Boca

Os cães têm características faciais semelhantes às das pessoas, mas não as usam da mesma forma. Um cão relaxado provavelmente terá a boca aberta e pode estar ofegante, sem tensão facial ou na boca. Os cantos da boca podem estar ligeiramente virados para cima. Mas um cão medroso ou tenso geralmente mantém a boca fechada e pode puxar os lábios nos cantos.

Ele também pode estar ofegante. Um cão ofegante que fecha a boca repentinamente em resposta a algo no ambiente também pode estar indicando aumento de estresse. Babar quando não há comida presente também pode ser um sinal de medo ou estresse extremo.

Os dentes também são indicativo de agressividade. Se ele puxar os lábios para cima para exibir os dentes da frente e isso vier acompanhado de um rosnado, ele pode estar avisando para não se aproximar. Mas, nem sempre os dentes são indicativo de agressão, por isso é importante considerar o contexto para entender o que o cachorro está dizendo.

E, se você acha que seu cachorro está bocejando porque está cansado, pode não ser necessariamente o caso. Bocejar e lamber os lábios podem, na verdade, ser um sinal precoce de estresse, especialmente quando acompanhados por uma boca tensa e, muitas vezes, um som choroso.

3. Olhos

Você pode aprender muito sobre o estado interno do seu cão olhando nos olhos. Olhos suaves têm pálpebras relaxadas, o que indica que o cão está calmo ou feliz. Olhos duros (onde os olhos parecem ficar frios) indicam um estado mental negativo.

O cão pode estar guardando um brinquedo ou se sentindo agressivo. Um olhar duro, onde o cão olha atentamente para alguma coisa, especialmente por um longo tempo, geralmente sinaliza uma ameaça.

Ao olhar para os olhos de um cão, preste atenção à parte branca do olho e considere o foco e a intensidade do olhar do cão. Quando um cão está se sentindo tenso, seus olhos podem parecer mais redondos do que o normal ou podem mostrar muito branco ao redor do lado de fora.

4. Orelhas

Os cães têm uma grande variedade de tipos de orelhas. Se as orelhas de um cachorro estão puxadas suavemente para trás, acompanhadas por um balanço alegre do rabo, significa que ele está se sentindo amigável e pronto para alguns abraços.

Mas, se suas orelhas são achatadas e presas para trás ou para os lados, seu cão está definitivamente sinalizando medo. Dependendo da linguagem corporal geral seguida por orelhas achatadas, pode ser um gesto de submissão ou um precursor de um ataque.

Se o cão está rosnando, latindo ou parece que está se preparando para atacar, você deve se aproximar com cuidado. Sempre que um cão está curioso ou em alerta de alguma coisa, ele aponta as orelhas para cima, geralmente seguido por uma adorável cabeça inclinada.

5. Postura

Ao iniciar a brincadeira, os cães geralmente começam com uma reverência e geralmente seguem com movimentos faciais e corporais exagerados. O movimento corporal de um cão lúdico será solto e oscilante, com muitos movimentos e breves pausas durante a brincadeira.

Um cão que parece rígido, se move lentamente ou que continua se afastando pode não estar interessado na interação social. Desviar o olhar, cheirar, coçar, deitar ou outros comportamentos de evitação também podem indicar que a sessão de jogo acabou.

Um cão medroso pode inclinar-se para longe, inclinar-se para trás, tremer, agachar-se, abaixar o corpo ou a cabeça ou rolar para o lado ou para trás. Frequentemente, seus olhos estarão totalmente abertos com pupilas dilatadas, sua testa será enrugada e sua cauda será abaixada ou dobrada. Se seu cão levanta a pata, pode indicar que ele está incerto ou se sente um pouco inseguro sobre a situação.

6. Pelo

Muito parecido com nossos próprios “arrepios”, o pelo pode se arrepiar ao longo das costas de um cão quando ele está chateado ou excitado. Isso também é conhecido como “pelo levantado” e pode ocorrer nos ombros, na coluna e acima da cauda. Eles nem sempre significam que a agressão é iminente, mas são um indicador de que o cão está animado ou chateado com alguma coisa.

7. Latido

Os cães não latem apenas quando estão agitados. Eles latem quando estão com medo, solitários, surpresos, irritados e muito mais. Isso significa que também existem latidos diferentes para diferentes estados de espírito.

Um cão pode variar o tom de seu latido, o número de latidos em uma fileira e o espaço entre os latidos, a fim de mudar o significado do latido. Em termos de altura, quanto mais baixo o latido, mais sério é o cão.

A duração do latido de um cachorro indicará quanto pensamento eles colocaram em seu latido. Portanto, quanto mais longo o som, mais provável é que o cão esteja tomando uma decisão consciente de latir e as ações que está planejando sobre o ponto de interesse. Pequenos latidos podem indicar a empolgação de um cão ou interesse em algo ao seu redor.

O post 7 dicas de linguagem corporal para saber o que o seu cão está pensando apareceu primeiro em Pet é pop.


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!


Fonte: www.msn.com |

Related Posts