Blog, Saúde e Bem Estar, Smart Watches & Eletronicos

(Análise) TicWatch GTH: Smartwatch low cost que impressiona – [Blog GigaOutlet]


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!

O TicWatch GTH é um dos mais recentes lançamento da chinesa Mobvoi, uma fabricante que entretanto tem ganho popularidade no mercado graças ao lançamento de aparelhos focados no desempenho, e em preços justos, como é o caso do TicWatch Pro e mais recentemente do TicWatch 3 Pro e TicWatch E3. São aparelhos que têm sempre o grande objetivo de rivalizar com o melhor que o mercado tem para oferecer, sem obrigar os consumidores a irem pesquisar quanto vale um rim ou um pulmão no mercado negro.

Ainda assim, mesmo com cuidado no preço, os smartwatches baseados no Wear OS da Mobvoi, estão sempre alguns níveis acima dos mais apelativos (para as massas), relógios inteligentes ‘low-cost’. Por isso, a Mobvoi decidiu também entrar neste mercado com o seu novo TicWatch GTH, um relógio que é obviamente mais barato, mas que ainda assim, retém muito daquilo que trouxe fama à fabricante.

Caso não saiba, a Mobvoi já anda nestas andanças desde 2012, ou seja, já é uma empresa de certa forma consolidada no mercado. E que devido a isso, sabe muito bem o que está a fazer. Mas vamos por partes.

(Análise) TicWatch GTH: Smartwatch ‘low cost’ que impressiona

TicWatch GTH

Portanto, a Mobvoi lançou recentemente o TicWatch GTH, um smartwatch de baixo custo, virado para a monitorização da saúde 24h por dia, mas que também auxilia a registar as métricas do exercício do dia-a-dia.

É um aparelho que apresenta um preço acessível, sendo assim uma boa opção para quem quer ter um smartwatch de baixo custo, mas que não comprometa demasiado num dos campos mais importantes de um aparelho smart, o seu leque de funcionalidades.

Entretanto, antes de entrar na minha análise, pode ver o vídeo da marca, onde é possível ter uma breve ideia daquilo que este menino é capaz de fazer no nosso pulso.

Assim, já estabelecida a primeira conexão entre os leitores, principalmente aqueles que além de desconhecerem o produto, também desconheciam a marca, dá-mos agora a conhecer o produto propriamente dito, e claro, como é que ele se comporta no mundo real.

Portanto, após duas semanas de utilização, partilho aqui a minha opinião, sem filtros. Explicando as funcionalidades disponibilizadas pela marca, e como é que elas se comportam. Em suma, vamos tentar perceber o que este relógio vale, e claro, se vale realmente a pena a sua compra.

Design e Hardware

De forma resumida em seguida temos listadas as características principais do dispositivo:

  • Ecrã: LCD;
  • Estrutura: Metal;
  • Resolução: 360 x 320píxeis;
  • Bateria: 260 mAh;
  • Conectividade: Bluetooth 5.1 Low Energy;
  • Resistência à água: até 5 ATM;
  • Pulseira: Silicone;
  • Sensores: batimentos cardíacos, respiração, acelerômetro, termômetro e oxigenação do sangue.

Posto isto, analisando o corpo do TicWatch GTH mais ao detalhe, este mede 43,2 x 35,2 x 10,5 mm sendo a sua estrutura construída em metal e não em plástico, contando com um formato quadrado. Temos uma superfície retangular anti riscos, onde podemos encontrar um ecrã curvo de 1.55″ 360 x 320 pixels com densidade de 310 PPI.

Curiosamente, este é o primeiro dispositivo da Mobvoi com formato retangular!

Assim, perante as características do ecrã, podemos facilmente afirmar que apesar de não ser um ecrã OLED, é um painel que não compromete a qualidade das cores. O brilho máximo também é não é um problema, sendo que este permite visualizar facilmente os conteúdos do ecrã no exterior, independentemente da iluminação natural do dia.

Infelizmente, apesar de ser possível mudar o brilho do ecrã, só é possível fazê-lo de forma manual, o que apesar de não ser um ‘deal-breaker’, acaba por ser chato em algumas alturas do dia ter uma iluminação excessiva, como a manhã ou a noite. É algo a corrigir num futuro refresh do produto.

Ecrã demasiado pequeno?

Ainda observando a superfície do dispositivo, acho que podiam ter apostado mais nas dimensões do ecrã, visto que temos uma borda um pouco saliente à volta do mesmo. Não é totalmente fora da estética, mas é inegável que algumas melhorias iriam resultar num produto mais apelativo aos olhos do consumidor.

TicWatch GTH

Entretanto, de modo a auxiliar a utilização do dispositivo, do lado direito temos um botão giratório. Relativamente à bateria, estamos perante uma célula de 260mAh, que a marca diz durar até 10 dias, tudo dependendo da utilização que lhe dá.

Na minha utilização, consegui que esta chegasse aos 8 dias, o que não foi nada mau. Aliás, por vezes até me esqueci que era necessário carregá-lo. Algo curioso, visto que o meu uso é um pouco exigente, e que até o levei para o mar de forma a testar a sua durabilidade mas também monitorização desportiva. (Aqui tenho de salientar que segundo a marca, é é um dispositivo à prova de água que pode ser submerso até 50 metros.)

Dito tudo isto, voltando a falar sobre a bateria e a forma de carregar, este vem com um cabo auxiliar com conexão magnética. Apesar da força magnética para que o cabo fique encostado ao dispositivo ser boa, o facto deste apenas carregar com o cabo ligado numa posição específica é um ponto menos positivo. Mas lá está, para esta gama de preços, não se pode pedir o céu e a terra.

TicWatch GTH

Em suma, a nível do designe e do hardware, estamos perante um produto que promete ganhar algum terreno no mercado, visto que tem bons acabamentos, sensores consideravelmente bons e o design acaba por ser bastante apelativo.

Software e funcionalidades

Ao nível de software e funcionalidades, este dispositivo compreende dois grandes grupos principais, que são a monitorização de exercício e monitorização de métricas ligadas à sua saúde.

Como é óbvio, além de tudo isto, permite alguma interação com o seu smartphone através de alertas por notificação (SMS, chamadas, e-mails, etc…), bem como o sempre desejado controlo musical.

Um ponto a salientar é que o software não tem versão portuguesa e desse modo, para quem não percebe inglês a opção mais próxima é o idioma em espanhol.

TicWatch GTH

Saúde

Sem dúvida que quem usar este smartwatch, vai imediatamente sentir que o campo de aposta da marca é mesmo a vertente de monitorização de saúde. Afinal, este dispositivo conta com diversos sensores e inúmeras aplicações destinadas ao registo dos mais variados parâmetros, de modo a ajudar o utilizador a perceber o que realmente está a acontecer com o seu corpo, seja no dia-a-dia, ou no treino mais intenso de sempre.

Eu, por exemplo,  desde que comecei a utilizar este dispositivo no meu dia a dia, comecei por prestar mais atenção a valores registados, de modo a perceber se há alguma coisa fora do normal. Curiosamente, com tudo isto em mente, até parece que ficámos com mais vontade de ser desportistas, ou seja, mais saudáveis, de forma a conseguirmos ver a evolução tal é a quantidade de informação registada através da app. Afinal, até temos alguns alertas.

Em suma, de certa forma, ficámos com a perceção que estamos a ser cuidados por um dispositivo. Afinal de contas, qualquer parâmetro lido que exceda o valor considerado normal, o Ticwatch alerta o utilizador de que este deve ficar atento e tentar perceber o que levou a essa medição fora da gama de valores considerados “bons”.

TicWatch GTH

Assim, como deve imaginar, os sensores do dispositivo fazem o registo contínuo de várias coisas importantes, como é a temperatura da pele, com a marca a afirmar que o sensor tem uma exatidão de ± 0.1°C. Além disto, temos os níveis de oxigénio no sangue (SpO2), medidos através da tecnologia foto pletismografia (PPG).

Por fim, temos a tradicional medição de frequência cardíaca, que o sensor é capaz de medir continuamente ao longo dia. Que também é aproveitada para a medição da qualidade do sono, como pode ver na imagem em baixo.

TicWatch GTH

Outras funcionalidades relacionadas com a saúde passam pela taxa de respiração. Que por sua vez consiste no numero de respirações (inspirar e expirar) feitas por minuto.

TicWatch GTH

Até é possível verificar o nível de stress! Como? A funcionalidade verifica o ritmo cardíaco do utilizador, e prontamente avisa se os níveis estão bons ou se algo se passa. Dito tudo isto, se por acaso acontecer o seu dia ficar mais puxado, pode sempre utilizar a funcionalidade de relaxamento do relógio. Ou seja, relaxar através de exercícios respiratórios.

Exercício!

Conhecidas as funcionalidades do TicWatch GTH em relação à monitorização da saúde, vamos lá conhecer o que este disponibiliza para que nosso exercício físico seja registado com algum detalhe.

Pois bem, o TicWatch GTH dispõe de fábrica, de uma lista com 14 diferentes modos de treino. Como pode ver em baixo:

TicWatch GTH

Mas a coisa não fica por aqui, visto que uma vez que os sensores deste dispositivo podem estar em leitura contínua, o dispositivo conta com um sistema inteligente de deteção de atividade física. Este sistema consiste numa notificação ao utilizador de que está a exercitar-se, e se quer começar a registar a atividade em causa. Por exemplo, visto que ando muito, este percebe que estou em caminhada. Notificando-me se quero fazer o registo de uma atividade de caminhada ao ar livre.

Este é um aspeto interessante para quem quer controlar bem a sua atividade física, mas é muito distraído.

TicWatch GTH

Entretanto, apesar do seu preço ‘budget’, temos um sistema de metas, que serve para motivar o utilizador a ser mais ativo. Ou seja, notificações que consistem em mensagens iterativas de metas cumpridas como se de um prémio se tratasse.

Funcionalidades auxiliares ao smartphone

TicWatch GTH

Este relógio peca por não permitir ignorar chamadas. Ou seja, apenas tem a possibilidade de desligar, o que muitas vezes não é o que se pretende.

Relativamente às notificações, estas são simples, visto que não permitem emojis, nem outro tipo de elementos de multimédia. Podemos receber notificações de mensagens como notificações de aplicações que temos no nosso smartphone. Infelizmente, quando são várias mensagens, este não mostra o conteúdo, mas sim o número de mensagens que estão por ler.

TicWatch GTH

Conclusão final da experiência com o TicWatch GTH

A meu ver, pelo preço, é um aparelho muito apelativo.

O seu designe é moderno, e a qualidade dos sensores é realmente muito interessante para quem dá muito valor à parte da monitorização. No entanto, na sempre importante componente smart, é um relógio que fica bastante aquém de outras ofertas do mercado, que não são muito mais caras.

Curiosamente, ao nível de software, estou satisfeito.

As aplicações estão bem concebidas e fáceis de manusear. É pena o “problema” de não existir um sensor de brilho para regulação automática. Sendo por vezes chato ter que aumentar ou baixar baixar a iluminação manualmente.

Ignorar chamadas também é um ponto interessante em versões futuras, e que pode ser adicionado através de uma atualização de software. Afinal de contas, nem sempre queremos desligar a chamada, podemos simplesmente ignorar, fingindo que estamos muito ocupados… Eheh. Relativamente às mensagens das diferentes aplicações, falta à parte de conseguir responder, ou de visualizar emojis.

Apesar de todos os defeitos, considero uma boa alternativa a outros relógios idênticos da mesma gama.

Tem um design moderno, que foi capaz de me conquistar, apesar de ter um relógio teoricamente melhor. Além disso, perante a situação pandémica atual, nada como andar com mais cuidados! Com o TicWatch GTH a ser uma excelente ajuda, especialmente pelo sensor de monitorização de temperatura da pele.

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

 


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!


Fonte: www.leak.pt |

Related Posts