Apple Watch é o smartwatch mais vendido, mas atenção à Xiaomi – [Blog GigaOutlet]


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!

O Apple Watch foi o wearable mais vendido durante o terceiro trimestre de 2020 (3T20), catapultando a gigante de Cupertino para o topo das tabelas. De acordo com os dados da IDC, foram vendidos mais de 11,8 milhões de unidades do relógio Apple.

A agência de análise e estudo de mercado aponta um crescimento de 35% nas vendas do Apple Watch comparativamente com o período homólogo de 2019 (3T19). No entanto, a Xiaomi também ocupa posições de grande destaque neste período.

O melhor trimestre para o Apple Watch

Desde o quarto trimestre de 2018 que a Apple não alcançava tamanho sucesso nas vendas do seu relógio inteligente. No entanto, neste terceiro trimestre de 2020 (3T20), vendeu 11,8 milhões de unidades, conquistando 21,6% de quota de mercado.

Em primeiro lugar, contudo, está a Xiaomi com a maior quantidade de relógios inteligentes vendidos no período em questão. Com 13,5 milhões de unidades colocadas no mercado, a Xiaomi obtém 24,5% de quota de mercado e um bom crescimento anual.

O mercado dos wearables de pulso segundo a IDC

Empresa 3T20 Quota no 3T20 3T19 Quota no 3T19 Variação anual
Xiaomi 13,5 M 24,5% 10,5 M 23,8% +27,8%
Apple 11,8 M 21,6% 6,8 M 15,3% +75%
Huawei 10,7 M 19,5% 5,7 M 12,9% +88,1%
Fitbit 3,3 M 5,9% 3,5 M 7,9% -6,4%
Samsung 2,8 M 5,1% 2,8 M 6,2% +1,8%
Outras 12,8 M 23,3% 15 M 33,9% -14,7%

Olhando atentamente para a tecnológica de Cupertino, o crescimento anual de 75% coincide com o lançamento do Apple Watch Series 6 no mercado, bem como a variante mais barata, o Watch SE. Ao mesmo tempo, o Series 3 continua a ser vendido.

Para a IDC, o mercado dos wearables de pulso foi um dos que mais cresceu, com os consumidores a aderirem em massa a este formato. Na totalidade, observou-se um crescimento sólido das principais fabricantes, excetuando-se a Fitbit.

Em terceiro lugar, a Huawei com 19,5% de quota de mercado está ligeiramente atrás da Apple, mas confortavelmente à frente da rival sul-coreana, Samsung. A fabricante chinesa vendeu 10,7 milhões de relógios e a sul-coreana 2,8 milhões.

A Apple é a rainha dos wearables segundo a IDC

Tomando em consideração todos os wearables ou vestíveis inteligentes no qual se incluem relógios e pulseiras inteligentes, óculos, auscultadores e auriculares, a líder isolada é a empresa de Tim Cook, com mais de 33% de quota de mercado.

A Xiaomi, em segundo lugar, tem uma posição respeitável, mas os seus smartwatches e smartbands ficam aquém do portfólio (ainda) mais vasto da tecnológica norte-americana. Ainda assim, a Xiaomi registou um crescimento sólido de 26% de ano para ano.

O mercado geral dos wearables de acordo com a IDC

Empresa 3T20 Quota no 3T20 3T19 Quota no 3T19 Variação anual
Apple 41,4 M 33,1% 29,8 M 32,2% +38,6%
Xiaomi 17 M 13,6% 13,5 M 14,5% +26,4%
Huawei 13,7 M 11% 7,3% 7,9% +87,2%
Samsung 11,2 M 9% 8,5 M 9,2% +32,2%
Fitbit 3,3 M 2,6% 3,5 M 3,8% -6,2%
BoAt 3,3 M 2,6% 0,8 M 0,8% +316,9%
Outras 35,3 M 28,2% 29,2 M 31,5% +20,8%

A Huawei volta a destacar-se em terceiro lugar, superando a Samsung por boa margem. Ambas as fabriacantes têm um bom leque de relógios inteligentes, além de auriculares true wireless com ligação Bluetooth, categorias com alta procura.

Com efeito, é através dos relógios inteligentes e diversos formatos de auriculares Bluetooth que quase todas as empresas cresceram de ano para ano, novamente com a exceção da Fitbit.

Ainda assim graças a produtos como o Apple Watch e os AirPods, a empresa norte-americana garantiu uma posição invejável de liderança, além de um crescimento sólido de 38,6%. No entanto, quem mais cresceu foi a BoAt e a chinesa Huawei neste trimestre.

O mercado de wearables cresceu muito em 2020

IDC wearables

A IDC espera que a tendência de crescimento deste mercado se mantenha, sendo impulsionado sobretudo pela Apple. Note-se que a tecnológica comercializa atualmente três versões de Apple Watch e várias versões de auriculares e auscultadores, entre outros gadgets.

A soma de vendas no mercado de werables ascendeu aos 125 milhões de produtos vendidos entre início de julho e fim de setembro de 2020, valores que representam um crescimento de 35,1% para este mercado.

Editores 4gnews recomendam:


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!


Fonte: 4gnews.pt |