Blog, PET - Cães e Gatos, Saúde e Bem Estar

Cachorro não gosta de brinquedos – [Blog GigaOutlet]


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!

Seu cachorro não gosta de brinquedos? Muitos tutores relatam esse tipo de situação com seus cães. Afinal, é algo que preocupa, pois um cão, como a gente sabe, é um animal brincalhão e que adora participar de tudo que é novo e diferente.

Como via de regra, eles adoram brincar!

Porém, alguns cães não são tão chegados assim em brinquedos e outros tipos objetos para diversão. Nesse caso, o que se pode fazer? Será que é realmente um problema quando o cachorro não gosta de brinquedos? Ou será que essa é apenas uma situação que pode acontecer com cães que preferem outros tipos de diversão?

É o que vamos entender no artigo de hoje. Portanto, continue lendo e saiba mais sobre o assunto.

Por que meu cachorro não gosta de brinquedos?

Cão brincando – Foto: Freepik

Se o cachorro não gosta de brinquedos, pode ser por dois motivos: ele pode estar com algum problema físico ou ele apenas pode estar com preguiça ou com pouca energia para brincar. Na grande maioria das vezes, vai ser a segunda opção: falta de energia para brincar.

Porém, ainda assim, outras situações podem fazer com que o cachorro prefira outros tipos de diversão, ao invés de brinquedos. Além disso, pode ser que o cachorro esteja enfrentando algum outro tipo de situação naquele momento e o tutor precisa ficar atento aos detalhes.

Veja abaixo algumas situações que podem justificar o cachorro não gostar ou recusar brinquedos:

  • Alguns cães simplesmente não se interessam por alguns brinquedos;
  • O cão pode estar cansado de outra atividade;
  • Ele pode estar esperando você participar da brincadeira;
  • O cão pode sentir algum desconforto com o brinquedo;
  • O cão pode ser mais preguiçoso para brincadeiras com brinquedos;
  • Depressão canina pode ser um dos fatores;

Continue lendo para entender mais detalhes sobre cada uma dessas situações e veja se o seu cãozinho se enquadra em alguma delas.

Alguns cães simplesmente não se interessam por alguns brinquedos

Tem cachorro que adora brinquedo e tem cachorro que não gosta tanto assim. E isso é algo que pode tranquilizar o tutor. Afinal, se existem cachorros que não gostam de brinquedos, pode ser o caso do seu cãozinho.

Alguns deles, inclusive, preferem outros tipos de brincadeiras e interações. Os brinquedos, muitas vezes, são vistos apenas como uma peça que está ali no chão e nada mais. Nesse caso, eles vão preferir que o tutor brinque com eles ou eles vão preferir ir brincar no parque, a céu aberto.

Tudo vai depender de como você treinou e ensinou o seu cãozinho. Muitas vezes, ele nem sabe o que é brincar com um brinquedo. Nesse caso, não é porque ele não gosta do brinquedo. Mas sim, porque ele simplesmente nem sabe como interagir com aquilo.

cachorro não gosta de brinquedos

Cão carregando a bolinha – Foto: Freepik

O cão pode estar cansado de outra atividade

Se você chegar em casa com o cachorro, depois de um passeio longo ou depois de uma brincadeira no quintal, pode ser que o animal esteja cansado e, por isso, simplesmente não quer saber de outros brinquedos. Mesmo que ele tenha alguma rotina de brincar com brinquedos em casa.

Essa é uma situação até óbvia, mas muitas vezes o tutor acaba não percebendo o tamanho do gasto de energia que o animal teve ao sair e, por isso, associa que o cachorro não gosta de brinquedos. Mas não se preocupe: se for apenas cansaço, ele pode dar atenção ao brinquedo em outro momento.

Muitas vezes, inclusive, ele vai brincar somente quando você não está em casa – e talvez você não perceba que ele interagiu com o brinquedo.

Ele pode estar esperando você participar da brincadeira

Outro fato bastante comum que pode estar diretamente associado com um cachorro que não gosta de brinquedos, é o cão querer que você brinque com ele. Os tutores precisam ter a percepção de que o cão está esperando por uma ação e, assim, interagir com o animal.

Porém, nem sempre isso é facilmente percebido. Principalmente para tutores de primeira viagem, que ainda não tem uma percepção clara dos sentimentos do cão, essa atenção pode passar despercebida.

Mas cuidado: é muito importante não condicionar o cão a brincar somente com você. Em um primeiro momento, ele pode esperar a sua participação. Porém, você precisa condicioná-lo a ser um cão independente, sem que ele dependa exclusivamente de você pra tudo.

Aqui no site, temos um artigo falando mais sobre isso, veja: Cachorro Independente – Como Criar Um?

O cão pode sentir algum desconforto com o brinquedo

Outro fator que pode fazer o cachorro se afastar de um brinquedo ou não demonstrar interesse por ele, é a sensação de que o brinquedo “faz mal”. Cães podem ser muito sensíveis para alguns tipos de brincadeiras que criam situações de desconforto pra eles.

Ou seja, se o brinquedo tiver qualquer textura que incomode na boca ou se ele tiver um cheiro estranho, tipo de brinquedo novo, o cão pode simplesmente rejeitar o brinquedo e não dar tanta atenção assim. É por isso também que muitos cães “elegem” um brinquedo favorito.

Afinal, pra eles, o brinquedo é um passa tempo que faz eles ficarem entretidos. Quanto mais entretenimento o brinquedo promove, mais o cão vai querer interagir, pois consegue enxergar desafios e ele fica mais entusiasmado com isso.

cão com a bolinha

Cão com a bolinha – Foto: Freepik

O cão pode ser mais preguiçoso para brincadeiras com brinquedos

Alguns cães realmente são mais preguiçosos para algumas brincadeiras com brinquedos. Alguns sempre vão preferir correr, pular e interagir com o tutor. Isso acontece principalmente em cães que ainda não puderam ter uma boa imersão com brincadeiras independentes e que dependem do tutor pra se divertirem.

Os cães precisam gastar energia e, por isso, pode ser grave se eles não conseguem gastar essa energia sozinhos em casa. Eles podem rasgar o sofá, roer a porta, carregar chinelos, etc.

Quanto mais você conseguir criar ambientes que o cão pode usufruir, melhor. E isso envolve fazer ele gostar de brinquedos. Veja aqui uma lista de brinquedos mais legais para cachorros.

Cachorro não gosta de brinquedos – Depressão canina pode ser um dos fatores

Você sabia que cães também têm depressão?

Esse é um quadro bem grave de comportamento e que pode facilmente comprometer a saúde mental do cachorro. Afinal, a depressão faz o cão ficar sem vontade pra nada e, como você sabe, cães precisam gastar energia para adquirirem saúde.

Um cachorro não gosta de brinquedos, também, quando está depressivo. Esse é um quadro grave da condição e que, talvez, o tutor demore a perceber. Afinal, na grande maioria das vezes, o cão apenas vai estar cansado, e não com depressão.

Faça testes com brinquedos diferentes e veja qual é a reação do cachorro. Brinquedos interativos, com ração e que criam desafios, tendem a animar os animais. Porém, se nem assim o seu cão se animar, procure ajuda para um adestramento que possa melhorar a saúde mental dele.

Leia mais sobre o assunto neste artigo: Depressão canina realmente existe? Quais são os sinais?

Como fazer o cachorro gostar de brinquedos

Tá, já entendemos que um cachorro não gosta de brinquedos por uma série de motivos diferentes. Porém, o que fazer para que ele comece a gostar e, assim, possa se divertir sozinho, sem precisar da ajuda do tutor?

Veja três dicas que vão te ajudar a fazer seu cão gostar mais de brinquedos e brincar sozinho:

  • Troque os brinquedos com frequência para ele não enjoar;
  • Compre brinquedos interativos (aqueles com ração);
  • Divirta-se junto com seu cão;

Veja detalhes dessas dicas, a partir de agora.

tutoras brincando com o cachorro

Tutoras brincando com seu cão – Foto: Freepik

Troque os brinquedos com frequência para ele não enjoar

Uma das coisas mais importantes que os tutores podem (e precisam) fazer para ajudar seus cães, é trocar os brinquedos com frequência. É muito importante que haja uma certa frequência na troca de brinquedos para que o cachorro não enjoe e, assim, desista de brincar sozinho.

Um cachorro não gosta de brinquedos, também, por não se sentir “feliz” o suficiente com os que ele tem disponível. Ter dezenas de brinquedos espalhados pelo chão, não vai ajudar. Deixe um ou dois a disposição, em cômodos diferentes. Depois de alguns dias, troque o brinquedo.

Precisa haver situações de novidade para que o cão possa interagir de novo, e de novo, e de novo.

Veja também este artigo: Enriquecimento Ambiental para Cães.

Compre brinquedos interativos (aqueles com ração)

Se você é um tutor mais experiente, certamente já conhece os tipos de brinquedos interativos. Porém, se você é um tutor de primeira viagem, saiba que existe essa possibilidade incrível para fazer com que seu cão interaja e se divirta em casa sozinho.

Brinquedos interativos ajudam a criar situações de desafios para o cão. Ele gasta muita energia mental para tentar pegar a ração seca ou o petisco que está dentro da bolinha ou do bichinho. E quanto ele consegue, a brincadeira fica ainda mais legal: afinal, agora ele tem uma motivação extra para continuar brincando.

Compre brinquedos interativos em pet shops e faça testes para ver qual o seu cão mais gosta. Considere, também, ter mais opções, para ele não enjoar. Inclusive, mais opções de petiscos!

cão com seu brinquedo

Cão com seu brinquedo – Foto: Freepik

Cachorro não gosta de brinquedos – Divirta-se junto com seu cão

E por fim, não deixe de se divertir junto com o seu cachorro. Por mais que ele precisa, sim, saber brincar sozinho, é fundamental que o tutor participe do dia a dia do animal. O cão ama seu tutor e ele vai se sentir muito mais feliz quando o seu melhor amigo está se divertindo junto.

Mas, lembre-se do que mencionamos anteriormente: seu cão não pode depender só de você para brincar. Participe, mas estimule, também, as brincadeiras independentes com brinquedos propícios.

Cuide do seu dog!


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!


Fonte: www.portaldodog.com.br |

Related Posts