Blog, PET - Cães e Gatos, Saúde e Bem Estar

Cachorro pode ficar sozinho em casa o dia inteiro? Veja o que fazer – [Blog GigaOutlet]


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!

Cachorro pode ficar sozinho em casa? Esta é uma das dúvidas mais comuns de tutores de primeira viagem, que estão em busca de um pouco mais de conhecimento para oferecer uma qualidade de vida superior para seus pets. Mas, claro, não existe receita mágica ou uma fórmula pronta de como cuidar melhor do seu cachorro. É claro que existem métodos e maneiras, mas todos os animais serão únicos.

Sempre que você for iniciar qualquer tipo de adestramento, treinamento ou algo do tipo, é fundamental entender que o seu cão precisa receber cuidados personalizados. Não adianta pegar uma método pronto e simplesmente querer aplicar com seu cão para que ele se acostume a ficar em casa. É preciso mais do que isso.

E justamente por este motivo, este guia existe. Hoje, vamos ajudar você a entender alguns pontos críticos em uma jornada de adaptação de um tutor com seu cão e do cão com seu tutor. Afinal, a gente sabe que nem sempre é fácil conciliar uma rotina de trabalho e estudos. Com um dia a dia cada vez mais corrido, precisamos de organização e disciplina para concentrar energia naquilo que é realmente importante – como os cuidados com nossos cães.

Para entender tudo sobre o tema, acompanhe o texto a partir de agora e veja se cachorro pode ficar sozinho em casa.

Trabalhando com o cãozinho em casa – Foto: Freepik

Cachorro pode ficar sozinho em casa o dia inteiro?

A resposta é: depende! E talvez esta resposta lhe traga um pouco de frustração. Afinal, seria muito mais fácil se disséssemos que seu cão pode (ou não pode) ficar me casa sozinho, não é mesmo? Mas, não é assim que funciona. A vida e a rotina de um cachorro não é uma fórmula matemática. Por mais que hajam processos de adestramento que ajudam a criar uma rotina mais equilibrada e saudável, os cães ainda serão seres vivos que precisam de atenções personalizadas.

Para entender isso, basta que comparemos um cachorro a um ursinho de pelúcia: ambos são fotos e nos trazem algum tipo de felicidade. Mas, tem uma diferença óbvia no meio disso tudo: o cãozinho tem vida e precisa de socialização para se sentir feliz também. Não podemos pensar que o cachorro é “feito” somente para proporcionar companhia para a gente. Nós, tutores, também precisamos fornecer companhia para eles. É uma troca recíproca o tempo inteiro.

E este é um motivo muito sólido para que possamos afirmar que os cães até podem ficar sozinhos em casa, mas não deveriam. Ou pelo menos, de maneira lógica, não merecem a solidão. Muito embora, claro, hajam processos e alguns métodos para que possamos ajudar o cãozinho a não se sentir triste, sozinho e abandonado ao ficar sozinho em casa. E sim, quando você deixa seu cão sozinho por muito tempo, ele realmente pode achar que foi abandonado!

Portanto, acompanhe nossas dicas para proporcionar uma melhor qualidade de vida ao pet que, de alguma forma, precisará passar algumas horas sozinho dentro de casa. Vamos lá?

Para ler depois: Mudança com Cachorro: O guia para entender como acostumar o cão ao novo lar

brincando com o cão em casa

Brincando com o cãozinho em casa – Foto: Freepik

Dicas do que fazer para ajudar o seu cão em momentos que você não pode estar em casa com ele

A nossa vida é corrida. Todos os anos, parece que as coisas precisam ainda mais da nossa atenção. E isto, claro, reflete diretamente na qualidade de vida de nossos pets. Será que não estaríamos passando tempo de menos com eles? Se você já se fez esta pergunta, também já deve ter se questionado se cachorro pode ficar sozinho em casa o dia inteiro.

Para poder proporcionar uma melhor qualidade de vida aos nossos cães, é preciso, também, mudar a nossa própria vida. É muito difícil entregar aquilo que eles precisam, sem que a gente se dedique a isso. Viver de maneira robótica, alimentando e mantendo o banheiro limpo, não é a melhor maneira de cuidar de um cachorro. Isto é o básico. Mas, eles precisam de mais do que isso para serem felizes.

Não podemos cair na condição de achar que o cachorro somente faz companhia para nós. Nós, tutores, também fazemos companhia para eles. E isto é fundamental para que a saúde mental do cachorro não se deteriore com o tempo. E acredite: a falta de carinho e presença dos tutores pode fazer com que um cão fique muito mal.

Para te ajudar, separamos uma lista com algumas dicas básicas do que fazer para preparar ou ajudar seu cão que, de alguma forma, precisa ficar sozinho em casa, quando é inevitável que isto aconteça. Veja abaixo:

  • Experimente acostumar o animal em um day care profissional  – Deixe o cachorro se acostumar com isso aos poucos;
  • Brinquedos interativos e recheáveis podem ser uma excelente alternativa para entreter o cachorro sozinho em casa;
  • Treine o seu cachorro desde filhote para que ele se acostume com sua ausência momentânea;
  • Gaste energia do seu cachorro antes de sair de casa – Isto o deixará mais calmo e tranquilo;

Vamos nos aprofundar mais em cada item a partir de agora. Continue sua leitura para entender melhor.

Cachorro pode ficar sozinho em casa o dia inteiro

Cachorro no sofá – Foto: Freepik

Experimente acostumar o animal em um day care profissional  – Deixe o cachorro se acostumar com isso aos poucos

Você já ouviu falar de day care para cães? Esta é uma alternativa incrível e muito válida para que você possa ajudar o seu cachorro em momentos que você não pode ficar em casa com ele. Um day care profissional vai oferecer aquilo que seu cão precisa e que você não pode entregar naquele momento: companhia, gasto de energia e carinho.

Esta dica é válida para todos os tipos de cães. Afinal, um day care especializado vai poder ajudar o cachorro de diversas maneiras. Mas, claro, é importante que o processo seja feito com cautela. Principalmente se o seu cão passava muito tempo com você e agora precisa ficar afastado por algumas horas do dia, a adaptação precisa ocorrer com calma.

O cachorro precisa entender que está tudo bem em ficar no day care e que lá ele poderá se divertir muito mais do que se divertia em casa, sozinho. Para te ajudar, veja nosso guia sobre como encontrar o melhor day care para cachorro.

Brinquedos interativos e recheáveis podem ser uma excelente alternativa para entreter o cachorro sozinho em casa

O entretenimento é um dos melhores benefícios para ajudar um cão solitário. E quanto mais você conseguir oferecer entretenimento para seu cachorro, melhor será o desenvolvimento físico e mental dele. Este é um tipo de gasto energético que envolve muitos processos internos. Mas, principalmente, ajuda muito a saúde mental do animal.

Um cachorro pode ficar sozinho em casa o dia inteiro, desde que ele tenha amparo o suficiente para isso. E um destes amparos é justamente a quantidade de brinquedos interativos que ele terá a sua disposição. Quando mais, melhor. E, de preferência, em cômodos diferentes. Assim, ele terá uma alternativa em cada lugar da casa, criando o fator novidade a todo momento.

Um brinquedo interativo pode ser desde uma peça recheável, onde o animal passa horas tentando pegar a ração que está lá dentro, ou pode ser algo que o desafie. Você também pode esconder brinquedos em locais estratégicos, como atrás da cortina ou em baixo do sofá. Isso instiga o fator “caçador” do cão, que passará horas tentando pegar o brinquedo escondido.

Treine o seu cachorro desde filhote para que ele se acostume com sua ausência momentânea

Uma das fases da vida do cachorro que ele mais se condiciona ao estilo de vida que vai levar, é a fase de filhote. Quando filhote, o cachorro não tem manias e consegue entender e interpretar os comandos de maneira muito mais tranquila. Por isso, se você está pensando em adotar o seu primeiro cachorro filhote, considere um adestramento profissional para adaptar o cachorro a uma rotina específica.

Se você precisa ficar muito tempo fora de casa por motivos de trabalho, a melhor maneira de acostumar o seu pet com a sua ausência é ensinando ele a ser um cão independente. É claro que isto leva tempo, mas é possível. Um cachorro independente não se fixa na necessidade de presença do tutor. E isto é ótimo para que a vida do animal seja muito mais saudável em diversos aspectos.

Veja aqui o nosso guia de como criar um cachorro independente.

Cachorro pode ficar sozinho em casa o dia inteiro

Cão feliz no colo da tutora – Foto: Freepik

Gaste energia do seu cachorro antes de sair de casa – Isto o deixará mais calmo e tranquilo

O gasto energético é um dos fatores mais importantes na vida de qualquer cachorro. Gastar energia de uma maneira equilibrada está diretamente ligado a qualidade de vida do cão. Afinal, é gastando energia que o animal pode se sentir mais confiante e sociável. Sem contar os benefícios relacionados a saúde física, que são muitos. E por isso, você precisa acostumar seu cão a ter um gasto energético considerável, principalmente quando ele for ficar sozinho.

Quando um cachorro está sem energia para gastar, as chances de ele sofrer com sua ausência são reduzidas. Afinal, o cachorro está cansado e está sentindo que o dia dele já aconteceu. Por isso, antes de deixar seu cão sozinho, sempre gaste a energia dele. Pode ser com um passeio ou com uma brincadeira dentro de casa.

Mas, cuidado: evite brincadeiras e contatos muito próximos com seu cão no momento exato que você vai deixá-lo sozinho. Existe uma linha tênue entre gastar energia e deixar o cachorro atiçado para brincar com você. Se você estimular o cachorro para brincar e, no meio disso, deixar ele sozinho, ele sofrerá ainda mais.

Portanto, se for utilizar esta dica, gaste energia do pet horas antes de deixar ele sozinho, e não apenas alguns minutinhos antes de sua partida, ok? Ao sair, o cachorro já precisa estar cansado e satisfeito com as brincadeiras. Ele não pode estar no auge da interação com você.

Alguns malefícios de deixar o cachorro em casa o dia inteiro – Cuidado com isso

Até aqui, entendemos algumas boas dicas de como ajudar o seu cãozinho, caso você tenha que deixar ele sozinho em casa. Porém, é importante também que você entenda o quanto isto pode ser maléfico para o cachorro, a partir do momento que há um descontrole de sua parte ou um excesso de ausências não programadas.

Conforme já entendemos até aqui, um cachorro é um serzinho social. Ou seja, não é somente nós que precisamos deles. Eles também precisam de nós para se sentirem bem. É importante entender que a reciprocidade é o ponto-chave na relação entre cão e tutor. E, caso isso não aconteça, separamos três situações que vão ocorrer com seu cachorro. Veja:

Explicaremos mais detalhadamente cada um dos tópicos acima. Continue lendo.

Cachorro pode ficar sozinho em casa o dia inteiro

Abraçando o cachorro – Foto: Freepik

O cachorro pode desenvolver a síndrome de ansiedade de separação

A ausência do tutor por muito tempo ou mesmo de maneira constante (mesmo que por poucas horas), pode gerar a chamada síndrome da ansiedade de separação. Este é um problema, infelizmente, muito comum. E entender que o cão está passando por isso, nem sempre é fácil. Afinal, as crises acontecem quando você não está em casa. E, neste caso, somente uma câmera poderia ajudar a entender o comportamento do cachorro.

A síndrome de ansiedade de separação ocorre pois o cachorro se sente tão triste com sua ausência, que ele deixa de viver normalmente para ficar esperando a sua chegada. Então, no meio disso, ele deixa de comer, deixa de ir ao banheiro, deixa de brincar e não consegue se sentir tranquilo em momento nenhum. Ou seja, é um problemão para a saúde mental e física do cachorro no médio e longo prazo.

O animal pode desenvolver estresse e ansiedade canina, gerando outros problemas de saúde

A síndrome da ansiedade de separação, conforme mencionamos anteriormente, pode ser o estopim para o início de uma série de outras doenças ou problemas na vida do cachorro. A sua ausência pode fazer com que o cachorro se sinta estressado, ansioso e pode até gerar distúrbios alimentares. Claro que você não quer isto para seu cão, não é mesmo?

Portanto, um cachorro pode ficar sozinho em casa o dia inteiro, desde que este processo aconteça de uma maneira equilibrada, estudada e com muita paciência. Jamais deixe o seu cão sozinho por muito tempo do dia para a noite. Se antes você podia passar boas horas do dia com ele e hoje não pode mais, recomendamos que encontre um profissional para ajudar nesta separação momentânea, vide tópicos anteriores.

trabalhando em casa com o cão

Trabalhando com o cachorro em casa – Foto: Freepik

Cachorro pode ficar sozinho em casa? A saúde mental do cachorro poderá ficar comprometida com muitas horas de solidão

E por fim, não podemos deixar de mencionar a importância da saúde mental na vida de um cachorro. Assim como para nós, humanos, a saúde mental está para os cães como o ponto de equilíbrio entre uma vida tranquila e uma vida totalmente desequilibrada. A saúde mental ajuda o cachorro em diversos aspectos diferentes. E a solidão, então, pode ser o estopim para desequilibrar tudo. Portanto, muita cautela neste processo.

O cachorro pode ficar sozinho em casa o dia inteiro, desde que ele esteja preparado para isso. É preciso fazer o dever de casa de uma maneira inteligente para acostumar o cachorro e não fazê-lo sofrer. Lembre-se que é sua responsabilidade zelar por todas as esferas da saúde do cão. E a saúde social dele é um fator decisivo para manter a saúde mental em dia ou não.

Cuide do seu pet e, se gostou das dicas, compartilhe com mais uma amiga ou amigo!


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!


Fonte: www.portaldodog.com.br |

Related Posts