Blog

Leve seu pet no carro, mas tome algumas precauções antes – [Blog GigaOutlet]

Leve seu pet no carro, mas tome algumas precauções antes


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!

Para muitos, os animais de estimação fazem parte da família: só quem tem sabe de todo o amor que envolve a relação. A proximidade é tamanha que, em diversos casos, acabam recebendo tratamento de filhos. Então, diversas atividades se tornam recorrentes, como os pets estarem presentes em passeios de carro. Porém, são necessárias algumas medidas para realizar o transporte com segurança.

É habitual transitar com os animais soltos dentro da cabine do automóvel, no colo ou com o rosto para fora da janela. Entretanto, isso pode ser bastante perigoso e trazer consequências desastrosas.

Em casos de uma frenagem brusca, eles podem ser arremessados. Ou, em situações de empolgação, corre o risco de pularem para fora do veículo. Além do perigo físico, o transporte com o focinho para fora da janela resulta em ressecamento das córneas e, alguns casos, úlceras.

As multas também são outro problema para enfrentar. Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, se o pet estiver solto dentro do veículo, o condutor terá infração leve: três pontos na carteira e multa de R$ 88,38. No colo ou ao lado do condutor, infração média: quatro pontos e multa de R$ 130,16. Na parte externa do automóvel, infração grave: cinco pontos e multa de R$ 195,23.

Viagens longas

As viagens mais longas se tornam aterrorizantes para os bichos de estimação, em alguns casos. Os cães sofrem com enjoos, por exemplo. E os felinos, por não conseguirem fazer suas necessidades, também passam mal. Por isso, evite alimentos em excesso antes e durante o translado.

No caso dos gatos, não espere a viagem para colocá-los na caixa. O ideal é que eles já estejam acostumados com aquele ambiente. No caso dos cães, ofereça um agrado ou um brinquedo para ele se adaptar melhor.

Para aliviar o estresse, dirija com calma e realize paradas para descansar a cada três horas. Assim, eles podem tomar água e fazer as necessidades. Caso esteja dormindo, não o acorde.

Alguns medicamentos podem auxiliar, mas, para isso, o melhor é procurar um veterinário. Em hipótese alguma medique por conta própria.

Para evitar multas e preservar a saúde do seu animal, transporte os cachorros com uma cinta adequada. Já os felinos devem ser levados em caixas. Os gatos sempre buscam por cantinhos e isso pode atrapalhar o motorista.


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!

Fonte: www.metropoles.com