O que é o Bluetooth 5.2? O que mudará nos fones TWS e caixas Bluetooth? – [Blog GigaOutlet]


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!

Neste ano, foram lançados diversos fones True Wireless (TWS) com suporte ao Bluetooth 5.1, como o Sennheiser Momentum True Wireless 2, que embora tenha trazido algumas melhorias com relação a versão 5.0, não trouxe grandes mudanças. No entanto, haverá uma série de mudanças interessantes com a chegada do Bluetooth 5.2 nos fones de ouvido, do tipo in-ear ou earbud, totalmente sem fio. A principal mudança será, sem dúvidas, o Bluetooth LE Audio, que faz parte do Bluetooth Low Energy, implementado no Bluetooth 4.0.

Antes de começarmos a falar do LE Audio, é necessário falar no aprimoramento do Attribute protocol (ATT), utilizado nas gerações passadas, pois é um colaborador para que o LE Audio aconteça.

Enhanced Attribute Protocol (EATT)

O Enhanced Attribute Protocol (EATT) é uma versão aprimorada do Attribute protocol (ATT). Ele é capaz de suportar transmissões simultâneas, intercalação de pacotes L2CAP (Logical Link Control and Adaptation Protocol) relacionados a pacotes ATT de diferentes dispositivos, além de permitir que a ATT Maximum Transmission Unit (MTU) (unidade máxima de transmissão) seja alterada durante a conexão. O conjunto destas alterações, permitirá que o usuário tenha uma experiencia melhor com múltiplos dispositivos que utilizam Bluetooth Low Energy (LE), onde um dispositivo é bloqueado temporariamente enquanto se utiliza outro. Com o EATT será possível reduzir a latência na troca de um dispositivo Bluetooth para outro sem perder a conexão entre os dois.

Bluetooth 5.2 e LE Audio – Eficiência energética e compartilhamento de áudio

Após 20 anos desde o lançamento do primeiro aparelho com Bluetooth, em 1999, o Bluetooth 5.2 terá mudanças significativas, através do LE Audio, na maneira como utilizamos nossos fones de ouvido e caixas de som sem fio. Dentre as diversas melhorias, as principais são: a própria tecnologia do LE Audio, o Multi-Stream Audio e o Audio Sharing.

LE Audio. Fonte: Bluetooth SIG
LE Audio. Fonte: Bluetooth SIG

LE Audio e o Bluetooth Low Energy (BLE)

Por muitos anos a única preocupação foi aumentar o desempenho da transmissão Bluetooth, não focando tanto no gasto energético. Mas com o advento dos wearables (dispositivos eletrônicos vestíveis), e mais especificamente os fones de ouvido True Wireless (TWS), a eficiência energética se tornou uma necessidade, devido ao pequeno tamanho e capacidade diminuta das baterias de íons lítio, utilizadas nos dispositivos de áudio portáteis. Exemplo recente disso, são os recém lançados chips da Qualcomm e da Samsung, que possuem foco justamente na utilização da energia de forma inteligente, além de obter peças menores para dar mais espaço para a bateria e outros componentes.

Entretanto, não é somente o hardware que está mudando, mas a própria tecnologia Bluetooth. Desde a versão 4.0 este modo de transmissão de dados sem fio vem evoluindo o Bluetooth Low Energy (BLE), e finalmente iremos ter este benefício implementado para a transmissão de dados de som, o LE Audio. Anteriormente, a transmissão de áudio era feita pelo Classic Audio, do Bluetooth Classic radio, mas agora o LE Áudio irá operar utilizando as frequências de transmissão do BLE, que anteriormente só eram utilizadas para a transmissão de outros tipos de dado, que não os de áudio.

LE Audio e o Bluetooth Low Energy (BLE). Fonte: Bluetooth SIG
LE Audio e o Bluetooth Low Energy (BLE). Fonte: Bluetooth SIG

Para a transmissão de áudio acontecer de forma mais eficiente através das frequências do BLE, utilizando o LE Audio, criou-se um codec de áudio Bluetooth, o LC3, que veio para substituir o SBC, codec universal presente em todos os dispositivos Bluetooth. Para saber mais sobre este codec, acesse este artigo.

Multi-Stream Audio – Transmissão de som simultânea

O Audio Multi-Stream será possível, de forma nativa, com a chegada do Bluetooth 5.2 e do LE Audio. Com esta tecnologia será possível transmitir mais de um fluxo de transmissão de dados de áudio, de maneira sincronizada, de forma independente, entre um dispositivo de áudio (smartphone, tablet, notebook) e fones de ouvido TWS. Dessa forma, a latência na transmissão de áudio será menor e o sinal ficará mais estável.

Normalmente, o que acontece na maioria dos fones de ouvido TWS é a transmissão de áudio somente para um dos lados e posteriormente, em um curto espaço de tempo, ocorre a retransmissão do sinal do lado esquerdo para o lado direito, por exemplo. Veja abaixo uma figura que exemplifica melhor a diferença. No exemplo A temos o modo de transmissão mais comum e no B temos o Audio Multi-Stream, presente no Bluetooth 5.2.

Diferença entre o Multi-Stream Audio (B) e a transmissão de áudio comum (A) nos fones TWS. Fonte: Sony
Diferença entre o Multi-Stream Audio (B) e a transmissão de áudio comum (A) nos fones TWS. Fonte: Sony

Audio Sharing – Compartilhamento de áudio

O Audio Sharing (compartilhamento de áudio) é algo novo que será implementado com a vinda do Bluetooth 5.2 e do LE Audio. Esta tecnologia irá permitir o compartilhamento de sinais de áudio pessoais ou baseados em localização. Estes dois modos irão servir obviamente para propósitos diferentes de acordo com as necessidades de utilização.

Através do compartilhamento de áudio pessoal, será possível compartilhar de maneira simples as músicas ou áudios de vídeos com familiares e amigos. O som gerado por um smartphone, tablet ou notebook, poderá ser transmitido para 2 ou mais fones de ouvido ou caixas de som Bluetooth. Isto mudará completamente a forma como ouvimos uma música ou assistimos a um filme ou série, haverá a possibilidade de compartilhar em tempo real o que está sentindo ou pensando com a pessoa ao lado.

O compartilhamento de áudio com base em localização será ideal para ambientes públicos, onde há a necessidade de se transmitir uma única informação para vários usuários simultaneamente. Através dessa tecnologia, você poderá ouvir as TVs ou transmissões de avisos em aeroportos, bares e academias. Além destes locais, há também outros ambientes que podem se aproveitar desta funcionalidade como os centros de conferência e as salas de aula, para que seja possível ouvir com maior nitidez o que está sendo dito, ajudar pessoas que possuam perda auditiva ou até traduzir simultaneamente o áudio transmitido para o idioma nativo do ouvinte.

Quando o Bluetooth 5.2 e o LE Audio estarão disponíveis?

A chegada do Bluetooth 5.2 e do LE Audio irá demorar, infelizmente, pois teremos de aguardar a chegada de dispositivos que suportem a transmissão do áudio com esta nova tecnologia e a chegada de fones de ouvido e caixa de som que suportem o Bluetooth 5.2. Entretanto, como a tecnologia não é proprietária, a adoção dos novos recursos será razoavelmente rápida.

Os componentes necessários para a criação do hardware que suportará o LE Áudio estarão disponíveis para os desenvolvedores no final deste ano. Ou seja, os primeiros produtos não surgiram nem em 2020 e nem no início de 2021. É mais provável que tenhamos acesso ao LE Audio somente em 2022.

Não deixe de conferir os artigos sobre fones True Wireless (TWS):

Esse artigo é feito em parceria com o Grupo Fones de Ouvido High-End:


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!

Fonte: www.oficinadanet.com.br