Porque é que não se deve dar um animal no Natal? – [Blog GigaOutlet]


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!

Foto D.R. Arquivo

Em época de festas, como Natal ou mesmo em aniversários, surpreender alguém com um animal de estimação pode parecer o presente perfeito – especialmente para as crianças, relembra a World Animal Protection.

No entanto, às vezes não nos damos conta de que presentear alguém com um cachorrinho ou um gatinho implica em uma série de responsabilidades. Entre elas:

  • ➡ Dispor de local apropriado para a espécie, incluindo um lugar para o animal dormir, se exercitar, fazer as suas necessidades e onde possa se sentir seguro.
  • ➡ Ter condições financeiras para dar alimentação e cuidados veterinários de qualidade.
  • ➡ Ter tempo para acompanhar o animal em brincadeiras, exercícios, socialização e higiene, além de dar o carinho que necessita.
  • ➡ E tudo isso por, aproximadamente, 10 a 15 anos entre os cães e até 20 anos no caso dos gatos.

Além de se preocupar com isso, antes de dar um animal de estimação de presente a uma criança, deve-se levar em conta que ela pode não querer ou não ser capaz de assumir todas essas responsabilidades. Cães e gatos são seres vivos sensíveis e não devem ser vistos como brinquedos.

É comum que os pais acabem assumindo as responsabilidades. E em muitos casos, isso leva ao abandono ou maus-tratos desses animais por falta de tempo, recursos, conhecimento ou simplesmente por preguiça.

Confira a campanha da World Animal Protection “Animal Não É Brinquedo” nas redes sociais.


Cuidados com o novo companheiro


Se mesmo depois de analisar todos esses quesitos, ainda estiver convencido de que este é o momento certo para adquirir um amigo canino ou felino, ficam aqui algumas dicas:

  • Prepare sua família, inclusive as crianças: Um animal de estimação irá mudar a dinâmica do seu lar e requer planeamento para que todos ajudem com as tarefas. Toda a família deve estar de acordo com a decisão de ter um pet e assumir essas responsabilidades durante todos os anos de vida do animal.
  • Prepare o seu lar: Uma coleira, uma cama e tigelas (para água e comida) são alguns dos itens necessários. Os cães às vezes comportam-se como crianças de dois anos de idade e é preciso garantir a segurança do animal, bem como da sua família. Por exemplo: não deixe produtos de higiene ao alcance do pet, mantenha os lixos tampados, cubra ou esconda cabos elétricos etc. E informe-se sobre como treinar o seu animal para evitar problemas de comportamento no futuro.
  • Adote: Priorize sempre adotar ao invés de comprar um animal. Ao adotar um cão ou gato, você ajuda os animais abandonados e não estimula o comércio indiscriminado que, muitas vezes, é realizado de forma abusiva e cruel.
  • Se for Natal, presenteie-o depois das festas: Se realmente quer presentear alguém com um animal de estimação, sugerimos que lhe dê apenas as tigelas ou a coleira no dia do Natal. Desta forma, a sua família se surpreenderá e poderá, depois da correria das festas de fim de ano, sentar-se e discutir com calma o tipo de animal de estimação que querem cuidar, as responsabilidades etc.

Lembre-se que os animais não são brinquedos e não podem ser descartados quando bem quisermos. Eles precisam de cuidados a todo momento e, em troca, dão-nos os melhores anos de nossas vidas (artigo publicado pela World Animal Protection).

Foto D.R. Arquivo


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!


Fonte: postal.pt |