Blog, PET - Cães e Gatos

Protetores de animais esto beira do colapso por falta de doaes – [Blog GigaOutlet]


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!

Cadela resgatada durante a pandemia (foto: Divulgao: Grupo Resgate Noroeste)

Responsveis por Associaes e abrigos de proteo aos animais falam em colapso por conta da reduo das doaes no perodo de pandemia. Alm dos doadores terem sumido, muitas devolues de animais resgatados tm acontecido porque as pessoas adotam um pet e se arrependem e acabam rejeitando o animal. 

A idealizadora do Projeto Acalanto/DF, Lucimar Aparecida, 47 anos, que cuida de aproximadamente 800 animais no Distrito Federal, relata que nos meses de junho e de julho as despesas com veterinrios no foram pagas e as doaes no cobriram os gastos com rao. “Estamos para entrar em colapso. As pessoas esto deixando de ajudar. Ns somos um grupo de protetoras independentes. Os animais que cruzam nosso caminho, ns resgatamos e levamos para nossas prprias casas. Existem protetoras independentes que no tm o que comer em casa.” 

O grupo composto por, ao menos, 34 protetores precisa de quase duas toneladas de rao por ms apenas para os cachorros, e praticamente a mesma quantidade em rao para gatos. Os voluntrios acolhem os animais em casa e, caso o projeto no consiga a doao da rao, os prprios protetores pagam pela alimentao e demais cuidados dos animais. 

A professora Mnica Cristina, 50 anos, uma voluntria no projeto. Ela mora em Sobradinho e diz que a falta das feiras de adoo tem dificultado ainda mais um trabalho que j costuma ser dispendioso. “Tenho muitos bichinhos resgatados precisando de lares e, enquanto no podemos fazer feira de adoo, esses ces esto crescendo em um hotel onde eu pago para cuidar deles. Ns precisamos de ajuda, seja de rao, medicamentos, tapetes higinicos, produtos para limpeza, dinheiro para castrao. E sem as feiras os animais vo crescer o que dificulta a adoo e as necessidades vo se acumular”, diz.

 

A protetora Luciana Pereira possui dezenas de animais no abrigo que ela fez em casa. Ela lembra que todo tipo de doao pode ajudar, at itens que poderiam ir parar no lixo, mas nada se mostra mais urgente que a alimentao. “A gente pede doao de rao ainda durante a pandemia. Eles comem duas vezes ao dia. Ns estamos aqui no santurio com 64 gatos, 19 ces fora os roedores e coelhos. Se voc puder ajudar vai trazer qualidade de vida para eles. Doe pra gente tudo aquilo que pra voc no tem serventia. Pode ser um brinquedo, um acessrio PET que voc no usa mais, eles gostam de brincar. Mas ns pedimos, principalmente, eles pedem: no deixem nossos pratos ficarem vazios. Doem rao”, disse Luciana.

A queda nas doaes fez com que o Grupo Resgate Noroeste, que acolhe animais abandonados na regio Noroeste da capital federal, realizasse rifas e criasse outras estratgias de arrecadao. Antes, um bazar realizado de trs em trs meses ajudava nas despesas mas, com a pandemia, tudo parou. A coordenadora do grupo, Stephanie Cunha, diz ainda que outro problema a devoluo dos animais acolhidos. 

A cadelinha Carol foi acolhida pelo Grupo de Resgate. Ela foi encontrada junto com cinco filhotes e a me no meio do mato, num terreno no Noroeste, no incio da pandemia. Os sete cachorros vira-latas foram cuidados, vacinados, ganharam peso e foram postos para adoo atravs das redes sociais. Carol, 2 meses, teve a sorte de ganhar um lar, mas pouco depois voltou para o abrigo. “A dona disse que devolveu porque voltou ao trabalho e no podia mais cuidar. E isso t acontecendo com outras protetoras”, disse Stephanie ao Correio

No perodo da pandemia, 18 animais foram recolhidos na regio de atuao do Grupo e, segundo a coordenadora, cada acolhimento custa,, em mdia R$ 1 mil, j que todos os animais passam por avaliao mdica e muitas vezes precisam de medicamentos. Atualmente o grupo est com 17 animais resgatados, o que demanda, em mdia, meia tonelada de rao por ms, j que parte da doao entregue s famlias carentes do Noroeste para que elas tambm possam alimentar seus animais.  

Stephanie Cunha tambm usa a palavra colapso para definir a situao das associaes no perodo de pandemia. “Estamos beira de um colapso, se no tivermos ajuda (falo de um modo geral, todos os grupos, abrigos e protetores) os resgates vo parar e os ces ficaro sem ajuda. Inclusive os j resgatados, que precisam de rao, cuidados de higiene, vacinas, medicao. A situao crtica mesmo”, frisou. 

Na Associao Toca Segura a situao no diferente. O Grupo cuida de 200 ces adultos e gasta, em mdia, R$ 8 mil por ms com alimentao e medicamentos para os animais. Parte do trabalho do grupo cuidar tambm dos animais que permanecem nas ruas, especialmente prximo feira do produtor em Ceilndia. A coordenadora da Associao, Monique Pires, 31 anos, explicou:  “A gente comeou essa ao em 1º de maro. Castramos e alimentamos os animais da feira do produtor. So 100 kg de rao por ms alm de vermfugo e carrapaticida. Para todos os animais, a gente precisa  de 800kg de rao adulta por ms, em julho recebemos 200kg de doao.”

H quinze anos acolhendo animais de rua, a Associao Protetora dos Animais Abrigo Flora e Fauna tambm tem passado por dificuldades. O abrigo localizado no setor de Chcaras do Gama Ponte Alta de Baixo est atualmente cuidando de 800 animais, mas acolhe muito mais, conforme narra o vice-presidente da associao, Wellington Fabiano Anjo Soares. “Ns tambm ajudamos os animais da comunidade, porque muitas vezes chegam aqui na porta do abrigo pessoas pedindo ajuda como por exemplo uma cachorrinha que precisa de uma cirurgia e no tem condies. Ai o abrigo tambm acolhe esses animais e o tutor fica com a cachorrinha e a gente cuida do animal. Ento esse nmero pode chegar a 1000, 1.200”. 

Saiba como ajudar: 

Projeto Acalanto

Instagram: @projetoacalantodf

Doaes: https://linktr.ee/projetoacalantodf

Resgate Noroeste

Instagram: @resgatenoroestedf

Doaes: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/racao-meses-de-abril-e-maio-2020

PicPay @resgate.noroeste

Associao Toca Segura

Instagram: @tocasegura

Doaes: https://apoia.se/tocasegura

Abrigo Fauna e Flora

Conhea: https://www.abrigofloraefauna.org.br/

Doe: https://apoia.se/abrigofloraefauna

%u200Bhttps://abacashi.com/p/abrigo-flora-e-fauna

https://app.picpay.com/user/abrigofloraefauna


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!


Fonte: www.correiobraziliense.com.br |