|

Qual deles é melhor para você? – [Blog GigaOutlet]


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!

Hoje muitos procuram um fone de ouvido multitarefa, que consiga atender as necessidades tanto em casa quanto na rua. Os tipos mais indicados para esse propósito são os in-ears e earbuds. Porém, qual deles seria o melhor para você? Neste artigo falarei tudo o que é necessário saber para se decidir entre estes dois tipos de fones de ouvido.

Os fones de ouvido in-ears são o tipo mais popular atualmente, porém existem pessoas que se sentem desconfortáveis ao utilizá-los já que parte do corpo deles é inserida dentro do canal auditivo. Por isso, muitos acabam desistindo de utilizar fones de ouvido quando necessitam ou decidem utilizar os earbuds.

In-ears (intra-auriculares, IEMs): O que são?

Fone de ouvido in-ear Final Audio B3. Fonte: Vitor Valeri
Fone de ouvido in-ear Final Audio B3. Fonte: Vitor Valeri

O fone de ouvido in-ear (IEM ou intra-auricular) basicamente é diferenciado dos earbuds devido a utilização de ear tips (ponteiras ou borrachinhas) para a fixação no ouvido. Seu corpo (house) possui um prolongamento, onde há um bocal para sair o som (nozzle). A ear tip, que pode ser feita de silicone ou espuma, é encaixada no nozzle e é ela quem proporciona a maior parte da atenuação dos sons no ambiente (ruídos externos).

Estrutura de um fone in-ear. Fonte: Foto do manual do fone in-ear ATH-CKR3 traduzido
Estrutura de um fone in-ear. Fonte: Foto do manual do fone in-ear ATH-CKR3 traduzido

Os alto-falantes (drivers) utilizados nos fones de ouvido in-ear (intra-auriculares ou IEMs) podem ser construídos com cinco tipos de tecnologia atualmente. São eles:

  • Drivers Dinâmicos (DDs ou dynamic drivers)
  • Drivers de Armadura Balanceada (BAs ou balanced armatures)
  • Drivers planar magnéticos (planar magnetic)
  • Drivers eletrostáticos
  • Drivers piezoelétricos

Há tanto in-ears que utilizam um único driver por lado, mas também temos fones de ouvido que são multi-driver, onde temos desde 2 alto-falantes por lado até, por exemplo, 18 (64 Ears A18t). Os drivers podem ser de mesma tecnologia como, por exemplo, as BAs, que são mais comumente utilizadas em conjunto, mas também podem ser de diferentes tipos (fones de ouvido com tecnologia híbrida).

Armaduras balanceads (BAs) fora da shell (concha) de um fone in-ear custom (CIEM). Fonte: 94dio (Instagram)
Armaduras balanceadas (BAs) fora da shell (concha) de um fone in-ear custom (CIEM). Fonte: 94dio (Instagram)

Temos diversos projetos com diferentes combinações de tecnologia de drivers, mas atualmente a mais comum está sendo a que utiliza um alto-falante dinâmico para os graves, BAs para os médios e drivers eletrostáticos para os agudos. O motivo disso é que cada uma delas geralmente conseguem produzir uma qualidade de som melhor para cada faixa de frequência do espectro do som.

Embora hoje tenhamos uma grande oferta de fones de ouvido multi-driver, não quer dizer que somente um único alto-falante não faça um bom trabalho. Com a evolução da tecnologia de drivers dinâmicos, houve um aumento da capacidade de reprodução de sons sem distorção. Atualmente, um dos materiais mais utilizados na fabricação de DDs é o berílio que promete a geração de ondas de som com baixa distorção.

Earbuds: O que são?

Imagem ilustrativa de uma pessoa ouvindo um fone do tipo earbud. Fonte: purchaseear
Imagem ilustrativa de uma pessoa ouvindo um fone do tipo earbud. Fonte: purchaseear

O fone de ouvido earbud tem como principal característica se encaixar mais superficialmente na orelha, repousando no ouvido externo na região da concha, entre a tragus e a antitragus. Seu corpo (house), ao contrário dos in-ears que possuem um prolongamento com um bocal (nozzle) para a saída do som, possui um formato plano na região onde o alto-falante emite o som. Para a passagem de som, há somente uma grade com pequenos furos, que podem ser de metal ou plástico e, infelizmente, isso faz com que não se tenha isolamento algum do ruído externo.

Anatomia de superfície da orelha com os elementos que caracterizam seu contorno. Fonte: redalyc
Anatomia de superfície da orelha com os elementos que caracterizam seu contorno. Fonte: redalyc

Os alto-falantes (drivers) utilizados nos earbuds são somente os dinâmicos (DDs ou dynamic drivers. Devido a falta de selamento da região onde sai o som do fone e o ouvido, é inviável utilizar outras tecnologias de drivers.

Quais as diferenças entre fones de ouvido in-ear (IEMs, intra-auriculares) e earbuds?

A principal diferença entre um fone de ouvido in-ear e um earbud está no isolamento dos sons do ambiente em que estamos (ruídos externos). Por conta disso, a grande maioria das pessoas preferem utilizar um intra-auricular (IEM) para andar na rua, onde há muito barulho. Entretanto, há indivíduos que não conseguem lidar bem com a forma como os in-ears encaixam no ouvido e acabam optando pelos earbuds, como já foi dito acima.

Certamente os earbuds são na grande maioria das vezes confortáveis comparado aos in-ears, porém há casos em que o conforto dos IEMs é ainda melhor. É o caso dos fones de ouvido in-ear custom (CIEMs ou Custom In-ear Monitors), onde o corpo do fone (house ou shell) é moldado com o formato do ouvido da pessoa. Há também o cenário em que a orelha da pessoa é pequena e consequentemente o canal auditivo tem um diâmetro menor, neste caso os intra-auriculares que possuem o formato de barril costumam proporcionar um com encaixe em conjunto com ear tips pequenas.

Em termos de som, os earbuds possuem diferenças quando comparados aos in-ears. Basicamente elas estão na sensação de espacialidade, separação dos instrumentos e nas características dos graves. No earbud, costuma-se (há exceções) ter uma sensação de espacialidade e separação dos instrumentos maior se comparado ao intra-auricular. Entretanto, quando se analisa os graves dos earbuds, dificilmente eles terão uma extensão, um corpo, um impacto (punch), como um IEM.

Fones de ouvido Bluetooth True Wireless (TWS): In-ears e earbuds

Fones True Wireless Microsoft Surface Earbuds. Fonte: pcmag
Fones True Wireless Microsoft Surface Earbuds. Fonte: pcmag

A grande maioria dos fones de ouvido Bluetooth TWS são hoje in-ears. Porém, mesmo que não haja muitas opções de fones de ouvido Bluetooth True Wireless (TWS) do tipo earbud, a oferta tem mudado graças a Apple com seus AirPods. Muitas fabricantes, ao ver o grande sucesso de vendas da “maçã” tentam copiar o formato na esperança de que seus fones de ouvido TWS consigam um bom desempenho de venda. Abaixo dou alguns exemplos de fabricantes de earbuds Bluetooth TWS:

  • Fiil CC2
  • Xiaomi Airdots Pro II
  • Edifier TWS200
  • Earbuds Sabbat X12 Pro
  • Earbuds SoundPEATS TrueAir
  • Earbuds SoundPEATS Truebuds
  • QCY T3
  • Tiso iX
  • Xiaomi Mi Air 2 SE
  • Haylou GT6
  • Microsoft Surface Earbuds


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!


Fonte: www.oficinadanet.com.br |

Similar Posts