Street Fighter: Capcom bane jogador após comentário com teor racista | Atletas – [Blog GigaOutlet]


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!

O jogador Ryan “Filipino Champ” Ramirez foi banido da Capcom Pro Tour, da Street Fighter League e de qualquer evento envolvendo a Capcom. O anúncio da punição aconteceu nesta terça-feira (16) e foi consequência de um comentário com conotação racista feito pelo pro player no Twitter no último sábado (13). O tweet em questão mostrava a foto de uma melancia em cima de um fogão com a mensagem “WatermelonLivesMatter”, ou “Vidas de Melancias Importam”. O pro player, que inicialmente alegou que o comentário foi apenas uma piada, está banido por tempo indefinido.

HEN1, jogador da FURIA no CS:GO, é banido da Twitch TV

A postagem fazia referência à #BlackLivesMatter, movimento que ganhou destaque nas redes sociais e envolveu diversas manifestações em cidades do mundo inteiro. A campanha começou depois do assassinato de George Floyd, que foi morte em abordagem da polícia de Minneapolis, EUA, no dia 25 de maio.

Filipino Champ foi banido dos eventos da Capcom após comentário considerado racista — Foto: Divulgação/EVO/Robert Paul

Quer comprar jogos, consoles e PC’s com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Logo após a mensagem, a reação foi instantânea e completamente negativa por parte de seus seguidores e do restante da comunidade de jogos de luta, o que levou o jogador a deletar seu tweet e pedir desculpas. Ele concordou que havia sido insensível em sua mensagem e que procuraria melhorar, mas seu pedido de desculpas não convenceu. Vale destacar que antes mesmo do anúncio da Capcom, o atleta já havia sido banido do East Coast Throwdown, do Combo Breaker e dos eventos organizados pela Big E Gaming.

Filipino Champ é mundialmente conhecido na comunidade jogos de luta e chegou no auge em 2012 após conquistar o título da Evolution Champion Series (EVO) no torneio de Ultimate Marvel Vs Capcom 3. Ao mesmo tempo, ele também adquiriu fama por sua toxicidade, e por gerar algumas situações polêmicas em diversos torneios que participou. Uma das mais conhecidas foi durante o Winter Brawl 2016, quando criou uma rivalidade com o chileno Nicolas “KaneBlueriver” Gonzalez e o desafiou para uma série First to 15. Durante essa série, Filipino Champ buscou humilhar KaneBlueriver a todo momento, gerando certo desconforto e indignação por parte dos espectadores.

A Capcom vem mostrando estar atenta ao comportamento dos pro players. No final do mês de abril, dois jogadores receberam a mesma punição de Filipino Champ após fazerem comentários preconceituosos. O primeiro foi Dalauan “LowTierGod” Sparrow, que disparou comentários pejorativos contra Christina “CeroBlast” Tran por ela ser transexual. O segundo banimento foi para a mesma CeroBlast, que acabou sendo flagrada no mesmo período falando termos racistas para o jogador “BigNastyKail”.


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!


Fonte: www.techtudo.com.br |