Viagem pet friendly: veja 6 dicas para viajar com seu animal de estimação – [Blog GigaOutlet]


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!

O mundo está cada vez mais pet friendly, mas o que isso significa? Que nossos animais de estimação estão sendo cada vez mais aceitos em lugares que antes eram impensáveis de eles estarem conosco, como em shoppings, restaurantes e hotéis. Na Europa e EUA é muito comum, quando estive na Itália em novembro do ano passado me impressionou a quantidade de cachorros dentro de estabelecimentos fechados – pois nas áreas abertas como decks, sacadas é comum.

É um novo nicho de mercado que vem se consolidando cada vez mais e tende a crescer muito. O nosso país já tem a segunda maior população pet do mundo, com mais de 22 milhões de felinos e 52 milhões de cachorros! O mercado pet deve faturar cerca de 20 milhões de reais esse ano! A Bella sempre que possível viaja com a gente, e sempre acabo recebendo algumas mensagens pedindo dicas ou perguntando como faço, então hoje vou compartilhar aqui com vocês 6 dicas.

Confira o vídeo da matéria

Antes da viagem começar é importante saber se eu amigo está apto a passear com você. É importantíssimo que ele esteja com as vacinas e anti-pulgas em dia, primeiro para a saúde dele e também porque muitos hotéis ou outros estabelecimentos só aceitam os pets com o comprovante das mesmas. Então leve-o ao seu veterinário de confiança e deixe tudo regulado para não ter nenhum problema na hora do passeio.

Caso o pet seja muito ansioso, ou costuma fica enjoado nas viagens, o veterinário pode auxiliar com algumas dicas ou medicamentos. Eu prefiro sempre os naturais, como os florais.Carro: Nunca deixe o pet solto no veículo, ou no seu colo, além se ser uma infração de trânsito – sim você pode levar uma multa por causa disso – fica inseguro para ele e também para você. Há diversos itens como caixa transportadora maleável, cadeirinha especial para pet e o cinto de segurança, escolha a que seu pet se adaptar melhor. A Bella sempre vai de cinto de segurança superconfortável na caminha dela, costumo dizer que ela viaja de primeira classe. Uma coisa que eles adoram é colocar a cabeça para fora da janela do carro e sentir o vento não é mesmo? Mas saiba que isso pode fazer mal para os olhos e ouvidos. Eu deixo a Bella só um pouquinho colocar a cabeça para fora da janela, e depois quando pegamos realmente a estrada não deixo mais. E isso também pode gerar multa, sabia? Então cuidado.

Bella na caixa transportadora maleável e com o cinto pet na caminha.

Ônibus e avião: Se você estiver indo de ônibus ou avião é necessário checar as regras de cada companhia, pois elas variam bastante, por exemplo: Comprar passagem para o pet, quantidade de pets por ônibus/avião, peso e tamanho do animal, vacinas especiais, entre outros. Hoje há empresas especializadas para auxiliar nesses casos, principalmente em viagens de avião internacional, que é uma burocracia enorme.Para evitar possíveis enjoos é bom tomar cuidado antes da viagem. A dica é não dar comida a ele pelo menos 3 horas antes. E lembre-se de mantê-lo hidratado durante todo o percurso. Aproveite as suas paradas de banheiro – geralmente nos postos de gasolina pelo caminho – para ele também poder esticar as perninhas e fazer xixi. Há alguns postos que são pet friendly, ou seja, tem uma área que você pode entrar com o seu pet. Outros tem espaço para deixar eles enquanto você vai ao banheiro ou faz um lanche por exemplo. Nunca os deixe no carro, mesmo que não tenha sol quando fechamos o carro tende a ficar muito abafado, e ele ainda pode ficar nervoso com a separação. Leve-o com você.Primeiro de tudo, o hotel. Com esse crescimento do mundo pet friendly, cada vez mais hotéis vem se adaptando para receber nossos melhores amigos. Muitos são até especializados nisso, foi o caso da nossa última hospedagem, no NH The Five em Curitiba, já na recepção eles são mimados com petiscos e muitas coçadinhas na barriga. Nos quartos tem um cantinho especial, com cama, potes para ração e água, fralda para as necessidades e mais petiscos. Muita mordomia né? Bella estava se achando com tanta atenção. Na hora que você estiver pesquisando o hotel, sempre é bom perguntar e confirmar se eles têm o selo de pet friendly, verifique o que é necessário para o check in, como as vacinas por exemplo.

O hotel NH the five é especializado para receber muito bem os pets.
Bella amou todos os mimos que ganhou do hotel Além disso há um aviso que você deve deixar na porta quando o pet estiver sozinho no quarto, para segurança do funcionário e também do pet.

Depois de pesquisar o hotel pesquise os locais que eles são aceitos para passear com você. Algumas cidades já estão super adaptadas em recebe-los em diversos locais, como:

Shoppings: alguns tem áreas para deixá-los brincando enquanto você passeia, e as lojas costumam ter um adesivo colado na vitrine indicando se vocês podem entrar juntos.

Trem Pet Friendly – Curitiba 2020

Restaurantes: a maioria deixa circular pela área externa, ou sacada, outros já tem um espaço como um pátio para que os mesmos fiquem soltos e façam novas amizades por ali.

Restaurante Zephyr pet friendly – Itajaí 2017

Há alguns museus e passeios que permitem a entrada do pet, muitas vezes eles devem estar no colo, ou então na bolsa de transporte.

Praia do Rosa em 2015 | Há muitos hotéis pet friendly
Praça do Japão Curitiba – PR – 2015

Enfim, a dica aqui é pesquisar. Eu além de pesquisar costumo ainda mandar um e-mail, direct no instagram, whatsapp, para perguntar, caso não ache nada escrito, e a maioria das vezes dá certo.

É, não dá para viajar sem fazer malas! Aqui é importante levar o essencial, e não todos os petiscos e brinquedos.

Eu costumo levar: cama, potes de comida e água, ração, petiscos, shampoo a seco, escova, tapete higiênico, coleira, um brinquedo e toalha – levo uma de rosto caso precisar, para não sujar a do hotel. Se seu amigo faz uso de remédio, leve também. Alguns hotéis oferecem alguns itens da lista, o que pode facilitar na hora de fazer a mala.

Use sempre a coleira, e leve a sacolinha caso ele faça o número 2. Eu levo também uns petiscos e um pote de água pequeno e retrátil para sempre que precisar. Lembre se respeitar as regras do local que vocês estarão passeando, como estar sempre com o pet na coleira, e outras que o local impor.


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!

Fonte: omunicipio.com.br