|

Windows vs Linux: compare os recursos dos sistemas para PC em 2020 | Sistemas Operacionais – [Blog GigaOutlet]


Acesse agora GigaOutlet e compre com desconto e frete grátis!

Windows e Linux são dois famosos sistemas operacionais para computadores. Enquanto o tradicional Windows da Microsoft está presente na maioria dos PCs e notebooks à venda no país, o Linux vem ganhando mais espaço no mercado. Somente em maio, a distribuição Ubuntu registrou um crescimento de 599% na sua participação no mercado de computadores, saindo de 0,27% para 1,89%, de acordo com dados da Net Market Share. Esse aumento pode refletir um maior interesse dos usuários em rodar sistemas operacionais livres no computador.

LEIA: Windows muda e ganha funções inéditas em atualização

Embora se destinem ao mesmo fim – operar o hardware do seu PC –, os sistemas Linux e Windows diferem em suas potencialidades e casos de uso mais indicados. Se você considera trocar um pelo outro, pode ser uma boa ideia compreender quais são as vantagens e pontos fortes de cada plataforma. A seguir levantamos características dos sistemas, apontando as diferenças entre as várias distribuições do Linux diante do sistema operacional de referência da Microsoft, cuja versão atual é o Windows 10.

Windows 10 ainda é referência, mas Linux tem ganho espaço no mercado — Foto: Caroline Doms/TechTudo

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Linux e Windows vão por caminhos bem diferentes quando o assunto é interface gráfica e a usabilidade proveniente dela. Enquanto o sistema operacional da Microsoft é único (sempre a mesma interface e a mesma maneira de se operar), o Linux pode variar muito mais, oferecendo interfaces gráficas completamente diferentes que o usuário pode não só instalar por conta própria, como também personalizar extensivamente.

Essa diferença de abordagem pode tanto funcionar como uma vantagem como uma desvantagem. Se você considera personalização importante e quer manipular o SO do seu gosto, aplicando um fluxo de trabalho que atenda de forma eficiente o seu cotidiano, não há muito o que escolher. O Linux permite “criar” um sistema operacional seu, com a interface que você mais gosta, além de cores, ícones, fontes, elementos e efeitos gráficos que funcionam para você.

Sistemas Linux contam com interfaces profundamente customizáveis, como o KDE Plasma (foto) — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

Suporte a hardware no Linux avançou bastante nos últimos anos — Foto: Reprodução/Filipe Garrett

No entanto, uma característica que deixa o Linux um pouco para trás são as tecnologias de biometria, que estão se tornando comuns em laptops. Enquanto o Windows possui o Windows Hello para autenticação por reconhecimento facial ou leitura biométrica, o suporte a esses recursos ainda se mostra inconsistente no sistema rival, mesmo nas distribuições mais recentes. Isso significa que se seu computador usa biometria, você possivelmente só poderá autenticar com senha no Linux

Como programar um computador Windows para desligar sozinho

Como programar um computador Windows para desligar sozinho